Como tranquilizar os donos de cães e gatos na era do Coronavirus
Juan Blancas
/ Categorias: Ferox

Como tranquilizar os donos de cães e gatos na era do Coronavirus

No meio de uma pandemia, é com os nossos seres queridos que mais nos preocupamos: nossos amigos, famílias e ... animais de estimação.

 

A pergunta mais comum para muitos donos de animais é se seus amados animais podem pegar o novo coronavírus (covid-19).

 

A Organização Mundial de Saúde diz que não.

 

Não há evidências que sugiram que o COVID-19, na forma em que aparece nos seres humanos, possa ser transmitido aos animais de companhia e, da mesma forma, nenhuma evidência de um animal de estimação transmitindo o vírus aos seres humanos. Portanto, mesmo se você tiver a doença, não se preocupe em passá-la para seus animais de estimação.

 

Mas o veterinário Sean Wensley, que trabalha para a instituição de caridade veterinária PDSA, diz que medidas regulares de higiene ainda são importantes.

 

"Não há evidências de transmissão contínua da doença por nossos animais de estimação", disse ele à Euronews.

 

"No entanto, ao procurarmos entender a doença, achamos realmente importante aplicar as medidas de higiene habituais que deveríamos aplicar o tempo todo, lavando as mãos antes e depois do contato com nossos animais de estimação, seus alimentos, suas fezes, mas esse é apenas um bom conselho de precaução ".

 

Mesmo que nossos animais de estimação não pareçam estar fisicamente ameaçados pela doença, ainda há a questão de garantir que eles sejam tratados adequadamente enquanto estão de quarentena.

 

Na maioria dos países europeus que adotaram medidas obrigatórias de distanciamento social, há isenções à diretiva ficar dentro de casa, se você precisar passear com o cachorro. Mas é importante manter a caminhada a mais curta possível e evitar outras pessoas. 

 

"Caso não tenha suspeita de sinais de coronavírus e tenha opção para levar seu "cãe" para passear, deve garantir que ele seja mantido na coleira, lavar nossas mãos antes de retirá-la e manter dois metros de distância de outras pessoas, ou seja qual for o conselho do governo local, longe de outros passeadores de cães ", explicou Wensley.

 

Se você está em quarentena porque acha que pode ter o COVID-19, mas não pode manter seu animal de estimação (por exemplo um galgo) dentro de casa o dia inteiro com você, não há problema em procurar ajuda, disse Wensley. Pedir a um amigo ou membro da família que leve seu cão para passear é uma boa decisão, desde que ambas as pessoas tomem precauções.

 

Novamente, os animais não podem contrair a doença, mas acessórios como coleira podem transmiti-la se uma pessoa infectada os tocar.

 

"Essa pessoa não deve entrar em sua casa, você deve manter-se a uma distância de dois metros dela, e apenas seja sensato, lave as mãos, limpe seu animal de estimação, antes de transferi-lo, peça que traga sua própria coleira com ele."

 

E, assim como nós, os animais de estimação não gostam muito de grandes mudanças na rotina. Quaisquer que sejam as medidas de bloqueio em sua casa, é provável que a rotina não seja exatamente a mesma que era antes da pandemia. Isso poderia gerar um amabiente de estresse para eles, de acordo com Wensley.

 

"Para alguns animais de estimação, ter pessoas na casa que normalmente não teriam, talvez filhos, se houver uma mudança na rotina que possa ser estressante para alguns de nossos animais. Os gatos são particularmente propensos a isso".

 

"A principal dica que eu daria para esses animais de estimação, e de fato todos os animais de estimação, por causa da mudança de rotina, é garantir que eles tenham um lugar onde possam ir para fugir do resto da família e da comoção, se eles quiserem".

 

Seja uma cama para animais de estimação ou debaixo da cama, Wensley disse que é importante identificar um local onde o animal possa minimizar o estresse.

 

 

 

 

Fonte: https://www.euronews.com/

Print
481 Rate this article:
5.0

Please login or register to post comments.

x
Loading
  • Assine Nosso Blog

    Fique por dentro das novidades. Receba nossas atualizações.